114 ANOS DA MORTE DE MACHADO DE ASSIS

114 ANOS DA MORTE DE MACHADO DE ASSIS

setembro 29, 2022 0 Por editorsinprosasco

No dia 29 de setembro de 1908, morria o escritor que revolucionou a literatura brasileira. Machado de Assis é lembrado por suas obras que são marcadas por um estilo realista, irônico e com profunda crítica social. Seus personagens se tornaram ícones da literatura nacional, como Quincas Borba, Brás Cubas e Capitu. 

Por meio de uma escrita direta e clara, Machado de Assis se mostrou um profundo conhecedor da realidade brasileira. Como um escritor e intelectual negro, conhecia a gravidade do problema da escravidão no país e as consequências desastrosas para a população negra. Quando, em 1884, quatro anos antes da abolição da escravidão no Brasil, o Ceará foi pioneiro na libertação dos escravizados, Machado de Assis publicou em sua coluna em um jornal: “O Ceará é uma estrela. Portanto, que o Brasil seja um Sol”.

Nas palavras do crítico literário e militante comunista Astrojildo Pereira, 

“A vida de Machado é, sobretudo, uma lição. Uma lição para o proletariado, para o homem do povo em geral, pois demonstra que o pensamento, a literatura e a arte não são um “dom natural” dos “bem nascidos”, mas um direito de todos os homens livres, de todos aqueles que sabem que só há horizontes fechados quando se foge à luta e que a cultura terá de ser, não uma concessão às massas,  mas uma conquista das massas, uma vitória dos ideais de liberdade.”


Fontes:

Instituto Astrojildo Pereira – Machado de Assis é nosso, é do povo

Podcast Hoje na Luta – Machado de Assis