13/03/2019

A Convenção Coletiva de Trabalho de professoras, professores e auxiliares de administração escolar na rede privada de ensino do Estado de São Paulo ainda está em negociação. Enquanto se negocia, a CCT não muda e os direitos e obrigações permanecem. Esse é o compromisso tácito firmado na mesa de negociações.

Nesta terça-feira, 12/03, foram reiniciadas as negociações com a representação patronal do Sieeesp e nova rodada já está marcada para a próxima semana, na terça dia 19. Na quinta-feira dia 21 os donos de escola se reúnem para fechar sua contraproposta e no sábado, dia 23, professoras, professores e auxiliares de administração escolar estarão em assembleias nos seus sindicatos para decidir o rumo desta Campanha Salarial 2019.

Ontem, 12/03, a comissão de negociação da Fepesp trouxe de volta os donos de escola à mesa de negociação. Na reunião, na sede do Sieeesp – o sindicato patronal – informamos que a proposta patronal havia sido rejeitada nas assembleias e insistimos em nossas prioridades nesta Convenção.

Próxima assembleia já está marcada para o dia 23 e estas são as prioridades na negociação da nossa Convenção Coletiva:

►Ultratividade: manter a validade da Convenção enquanto se negocia sua renovação.
►Terceirização: impedir, contra a precarização dos contratos de trabalho e o avanço da pejotização de professores.
►Excesso de trabalho: discutir a hora atividade e a hora virtual.

Confiram no link abaixo vídeo do Presidente da Fepesp, Celso Napolitano, falando sobre as próximas etapas da negociação.

http://fepesp.org.br/noticia/campanha-salarial-2019-ja-comecou/

E MAIS: A MENSALIDADE DO SINDICATO CONTINUA SENDO DESCONTADA EM FOLHA

Nada muda no processo de recolhimento de mensalidades devidas ao Sindicato via desconto em folha pela escola. A recente MP873 não afeta o desconto de mensalidades, que deve seguir o processo normal.